ETNOMATEMÁTICA E O LIVRO DIDÁTICO NAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Autores

DOI:

10.63036/ReTEM.2965-9698.2023.v1.60

Palavras-chave:

Etnomatemática, Livro didático, Educação Escolar Quilombola

Resumo

O presente artigo é um recorte do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em nível de especialização da autora 1 e orientado pelo autor, 2 e apresenta uma reflexão teórica sobre a Etnomatemática e o livro didático oferecido às comunidades quilombolas. O objetivo geral é analisar o que os livros didáticos abordam sobre a Etnomatemática nas comunidades quilombolas. Para a realização desse trabalho os procedimentos metodológicos foram norteados através da abordagem qualitativa Chizzotti (2003), com emprego da análise documental, Lakatos (2003) e levantamento bibliográfico na modalidade de um ensaio teórico Boava, Macedo e Sette (2020). E como conclusão, teve-se que o livro didático traz, ainda, uma percepção que compactua com a visão colonialista eurocêntrica e desvaloriza o conhecimento das comunidade tradicionais, além de fomentar o discurso de que a formação ofertada é de caráter instrutor, haja vista que não correlaciona com suas vivências, porque o livro didático, e a própria atuação profissional do professor, estimula a rejeição à identidade cultural do aluno quilombola, todavia a Etnomatemática contribui na preservação de saberes populares, pois ela evidencia que há outros saberes e formas de se organizar o conhecimento, que não há superioridade umas perante as outras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Édila da Silva de Moraes, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Especialização em Didática e Prática Pedagógica na Educação Básica pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), Campus Marabá. Graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará (UEPA), Campus I 2014/2017 - Título da pesquisa: O perfil dos professores da EJA: aspectos formativos e de atuação profissional, sob orientação da Professora Dra. Ana Kely Martins da Silva. Voluntária do Projeto de Extensão em Educação Popular em Saúde pelo grupo de pesquisa NEP (UEPA) com atuação em práticas educativas hospitalares, na Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará (2017 - 2018).Tem experiência na área de Educação, com ênfase em principalmente nos seguintes temas: projeto mundiar, educação de jovens e adultos, formação de professores e feminismo.

Walber Christiano Lima da Costa, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Doutor e Mestre em Educação em Ciências e Matemática (PPGECM/IEMCI/UFPA). Pesquisador nos seguintes grupos cadastrados no CNPq: Grupo de Estudos e Pesquisas em Surdez e Ensino de Matemática - GEPSEM - UNESPAR; Grupo de Estudos de Linguagem Matemática - (GELIM/UFPA); Grupo de Pesquisa em Educação de Surdos: Políticas de Inclusão, Educação Bilíngue, Práticas Pedagógicas, Contextos de Ensino e Formação de Professores (GPES/UNIFESSPA); Grupo de Pesquisas e Estudos em Formação de Professores e Práticas Educativas (UNIFESSPA). Especialista em: Língua Brasileira de Sinais - Libras, Metodologia do Ensino de Matemática, Educação Especial e Educação Inclusiva e em Técnicas de Tradução e Interpretação em Língua Brasileira de Sinais - Libras/Língua Portuguesa. Graduado em Licenciatura Plena em Pedagogia (UEPA). Graduado em Licenciatura em Matemática. Bacharelado em Letras/Libras (UFSC). Possui Certificação em Proficiência em Tradução e Interpretação da Libras/Língua Portuguesa/Libras pelo PROLIBRAS (MEC/INEP - UFSC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, Educação Matemática e Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: Linguagem Matemática, Educação Inclusiva, Educação Especial, Educação de Surdos, Ensino de Matemática, Ensino de Matemática para surdos, Tradução da Linguagem Matemática para alunos surdos, Língua Brasileira de Sinais- Libras, Tradução e Interpretação da Libras e processos psicológicos no ensino e na aprendizagem, Educação Matemática Inclusiva.

Referências

BOAVA, D. L. T.; MACEDO, F. M. F.; SETTE, R. de S. Contribuições do ensaio teórico para os estudos organizacionais. RAD Vol. 22, n. 2, p. 69-90, mai/jun/jul/ago 2020. DOI: https://doi.org/10.23925/2178-0080.2020v22i2.41951

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Nacionais Curriculares para a Educação Escolar Quilombola, novembro de 2012. Brasília, 2012.

CAMPOS, Margarida Cássia; GALLINARI, Tainara Sussai. A educação escolar quilombola e as escolas quilombolas no Brasil. Revista NERA, n. 35 (20). 2017. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i35.4894 DOI: https://doi.org/10.47946/rnera.v0i35.4894

CARRIL, Lourdes De Fátima Bezerra. Os desafios da educação quilombola no Brasil: o território como contexto e texto. Revista Brasileira de Educação, v. 22 n. 69 abr.-jun. 2017. https://doi.org/10.1590/S1413-24782017226927 DOI: https://doi.org/10.1590/s1413-24782017226927

CHIZZOTTI, Antônio. A pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais: evolução e desafios. Revista Portuguesa de educação. Ano/vol.16, no. 002, Universidade do Minho Braga, Portugal, 2003, p.221-236.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Etnomatemática e história da matemática. In: FANTINATO, Maria Cecília de Castello Branco. (Org). Etnomatemática: novos desafios teóricos e pedagógicos. Niterói: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2009.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Educação matemática: Da teoria à prática. Campinas, SP: Papirus, 1996.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Sociedade, cultura, matemática e seu ensino. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 1, p. 99-120, jan./abr. 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/TgJbqssD83ytTNyxnPGBTcw/?format=pdf&lang=pt . Acesso em: 23 set. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-97022005000100008

DEON, Alana Rigo; COPATTI, Carina. Os Limites Da Abordagem Conteudista Do Livro Didático Na Sua Relação Com A Prática Do Professor De Geografia Para A Formação Cidadã. In: Salão do conhecimento, Jornada de Pesquisa, 14., 2019, Ijuí. Anais[...] Ijuí:, 2019. Disponível em: https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/salaoconhecimento/article/view/12569. Acesso em: 6 out. 2023.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. - São Paulo:Atlas 2003.

LIMA, Lilian Bastos de; SOUZA, Jorge dos Santos. A Etnomatemática como proposta pedagógica no ensino de matemática. Caderno de Iniciação Científica, Curitiba: FAE, v. 11, n.1, 2010. Disponível em: https://img.fae.edu/galeria/getImage/1/12294808141697765.pdf. Acesso em: 23 ago. 2023.

LIMA, Telma Cristiane Sasso de; MIOTO, Regina Célia Tamaso. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 10, n. esp., p. 37-45, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rk/v10nspe/a0410spe . Acesso em: 6 out. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-49802007000300004

MACÊDO, Josué Antunes de; BRANDÃO, Daniel Pereira; NUNES, Daniel Martins. Limites e possibilidades do uso do livro didático de Matemática nos processos de ensino e de aprendizagem. Revista Educação Matemática Debate, v. 3 n. 7. jan./abr. 2019. https://doi.org/10.24116/emd.v3n7a04 DOI: https://doi.org/10.24116/emd.v3n7a04

MIRANDA, Shirley Aparecida de. Quilombos e Educação: identidades em disputa. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 34, n. 69, p. 193-207, maio/jun. 2018. https://doi.org/10.1590/0104-4060.57234 DOI: https://doi.org/10.1590/0104-4060.57234

ROCHA, Max Silva da; SILVA, José Bezerra da. Reflexões sobre educação escolar quilombola. Leitura: Teoria & Prática. Campinas, São Paulo, v.34, n.68, p.79-91, 2016. https://doi.org/10.34112/2317-0972a2016v34n68p79-91 DOI: https://doi.org/10.34112/2317-0972a2016v34n68p79-91

SILVA, Romaro Antônio; MATTOS, José Roberto Linhares de. A Etnomatemática Em Uma Comunidade Quilombola Da Região Amazônica: Elo Entre Conhecimento Empírico E Escolar. Revista Brasileira de História, Educação e Matemática. v. 4 n. 1, 2019. Disponível em: https://ojs.ifsp.edu.br/index.php/hipatia/article/view/1093#:~:text=Utilizamos%20t%C3%A9cnicas%20de%20entrevistas%20e,e%20na%20propaga%C3%A7%C3%A3o%20do%20saber . Acesso em: 25 nov. 2023.

SOMOS PH: ensino fundamental 1, anos iniciais: 3º ano: história, geografia, ciências: caderno 4. - 1.ed. - São Paulo: SOMOS Sistemas de Ensino, 2019.

Downloads

Publicado

2023-12-31

Métricas


Visualizações do artigo: 78     PDF downloads: 41

Como Citar

MORAES, Édila da Silva de; COSTA, Walber Christiano Lima da. ETNOMATEMÁTICA E O LIVRO DIDÁTICO NAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA. ReTEM - Revista Tocantinense de Educação Matemática, [s. l.], v. 1, p. e23003, 2023. DOI: 10.63036/ReTEM.2965-9698.2023.v1.60. Disponível em: https://ojs.sbemto.org/index.php/ReTEM/article/view/60. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos: Processos de Ensino e Aprendizagens de Matemáticas