LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA E LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES: DOIS AMBIENTES NECESSÁRIOS

Autores

DOI:

10.63036/ReTEM.2965-9698.2024.v2.59

Palavras-chave:

Materiais didáticos, Concepções de laboratórios, Laboratório didático, Professor de Matemática, Licenciandos em Matemática

Resumo

O objetivo deste ensaio teórico é compreender as concepções teóricas do LEM e do LEMAT, destacando suas diferenças e semelhanças, no contexto da formação inicial de professores de Matemática. A necessidade de explorar as características desses dois laboratórios surge da importância de compreender a natureza e o papel desses ambientes na preparação dos futuros professores de Matemática. Os encaminhamentos metodológicos foram traçados no sentido de confrontar as concepções teóricas que giram em torno dos dois laboratórios. Trata-se de um ensaio teórico que utiliza elementos conceituais discutidos na literatura sobre o tema de laboratório no campo da Educação Matemática e apresenta reflexões sobre a importância e necessidade de ambos os espaços. As categorias teóricas foram organizadas com base em setores. Os resultados apontam para a importância e necessidade dos cursos que formam professores de Matemática terem os dois ambientes e desenvolverem atividades de ensino, pesquisa, extensão, gestão e formação com base na natureza de cada laboratório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ediney da Silva Marques, Secretaria de Estadual de Educação do Tocantins, SEDUC, Tai´pas do Tocantins , Tocantins, Brasil

Licenciado em Matemática pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus de Arraias.

Dailson Evangelista Costa, Universidade Federal do Tocantins, UFT, Arraias, Tocantins, Brasil

Pós-doutorando em Ensino de Ciências e Matemática (PPGecim/UFNT). Doutor em Educação em Ciências e Matemática (PPGECEM/REAMEC/UFMT). Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas - área de concentração em Educação Matemática (PPGECM/UFPA). Graduado em Licenciatura em Matemática (UFT-Araguaína). Durante a graduação foi bolsista CAPES pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), monitor nas disciplinas de Geometria Espacial e Matemática Básica II, bolsista do Programa de Intercâmbio Luso-Brasileiras Santander Universidades na Universidade de Aveiro (Portugal). Atualmente é Professor Adjunto da UFT, lotado no Curso de Licenciatura em Matemática (UFT-Arraias). Foi professor formador no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Foi Coordenador de Tutores do Curso EaD de Matemática da UAB/UFT. Coordenou o Laboratório de Educação Matemática (LEMAT-Arraias). Foi vice-coordenador da Especialização em Educação Matemática (UFT-Arraias). Foi Coordenador de Área do Subprojeto do PIBID - Licenciatura em Matemática (UFT-Arraias). É membro das seguintes sociedades científicas: Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM), Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC), Grupo Associado de Estudos e Pesquisas sobre História da Educação Matemática (GHEMAT-Brasil), Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação (Anfope). Editor Associado da Revista REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática na Formação de Professores (GEPEMFOR-UFT-Arraias). Membro de conselho editorial e avaliador de mais de 15 periódicos na área de Educação Matemática, membro do Fórum de Editores de Periódicos da Área de Educação (FEPAE). Possui experiência na área de Educação Matemática com ênfase nos seguintes temas: Laboratório de Educação Matemática, Didática da Matemática, Formação de Professores que Ensinam Matemática (PEM), Tendências em Educação Matemática, Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática, Elaboração de Sequências Didáticas Investigativas, Saberes e Conhecimentos Profissionais. Desenvolve pesquisa sobre os seguintes temas: Formação de Professores que Ensinam Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Construção e Desenvolvimento de Sequência Didática Investigativa.

Mônica Suelen Ferreira de Moraes, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Arraias, Tocantins, Brasil

Professora da Universidade Federal do Tocantins (UFT/Arraias). Doutora em Educação em Ciências e Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGECEM) da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (REAMEC). Mestre em Educação Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas (PPGECM/IEMCI/UFPA), com bolsa de estudo do CNPq (2011-2013), participou do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (Procad), estudando na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), durante um semestre (2011). Graduada em Licenciatura em Matemática pela Universidade do Estado do Pará (UEPA-2010). Membro do GEPEMFOR - Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática na Formação de Professores. Desenvolve pesquisas em didática, epistemologia e história da matemática.

Thiago Beirigo Lopes, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), Confresa, Mato Grosso, Brasil

É Doutor em Educação em Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT/REAMEC (2017 - 2020), possui Mestrado Profissional em Matemática pela Universidade Federal do Tocantins - UFT/ProfMat (2014 - 2015) e Graduação em Licenciatura Plena Em Matemática pela Universidade do Estado do Pará - UEPA (2004 - 2007). Atualmente é Professor EBTT de Matemática efetivo com dedicação exclusiva e atua no Programa de Mestrado em Ensino (PPGEn) no Instituto Federal de Mato Grosso - IFMT. É Editor-chefe da Revista Prática Docente (ISSN 2526-2149) e Líder do Grupo de Pesquisa Ensino de Ciências e Matemática no Baixo Araguaia, registrado no CNPq. Incentivador de Acesso Aberto (Open Acess) para publicações científicas.

Referências

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução a teoria e aos métodos. Porto: Porte Editora, 1994.

CARDOSO, L. S.; COSTA, D. E.; MORAES, M. S. F. de O ensino de fração por meio do tangram: uma proposta de sequência didática. Revista Prática Docente, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 91–107, 2018. https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2018.v3.n1.p91-106.id163 DOI: https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2018.v3.n1.p91-106.id163

CONCEIÇÃO, J. de S.; JESUS, G. B. de; MADRUGA, Z. E. de F. Contextualização no ensino de matemática: concepções de futuros professores. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 6, n. 2, p. 291–309, 2018. https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2018.v6.n2.p291-309.i6941 DOI: https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2018.v6.n2.p291-309.i6941

DE OLIVEIRA, C. B.; GONZAGA, L. T.; GOMES, E. C.; TERÁN, A. F. Espaços educativos: oportunidade de uma prática educativa problematizadora. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 7, n. 1, p. 59–73, 2019. DOI: https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2019.v7.n1.p59-73.i6962 DOI: https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2019.v7.n1.p59-73.i6962

FIORENTINI, Dario. Alguns modos de ver e conceber o ensino da matemática no Brasil. In: Zetetiké. Campinas, SP, Ano 3, n. 4, 1995.

FIORENTINI, D; LORENZATO, S. Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. 3 ed. Campinas, SP: Editora Autores Associados, 2009.

LOPES, J.A.; ARAÚJO, E.A. O Laboratório de ensino de matemática: implicações na formação de professores, 2007.

LORENZATO, S. (org.) Laboratório de ensino de matemática e materiais didáticos manipuláveis. In: O laboratório de ensino de matemática na formação de professores. Campinas. SP: Autores Associados, 2006.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MARQUES, Ediney da Silva. Laboratório de ensino de matemática (LEM) e Laboratório de educação matemática (LEMAT) na formação inicial do professor. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Matemática), Universidade Federal do Tocantins, Arraias-TO, 2017.

MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete Escola Nova. dicionário interativo da educação brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/escola-nova/>. Acesso em: 28 de abr. 2017.

MONTEIRO, R. B.; ALVES LARANJEIRA, S. R.; RIBEIRO NETO, J. G.; MARTINHO DE ANDRADE, L. D. Contribuição da resolução de problemas como metodologia de ensino de matemática. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 8, n. 2, p. 57–68, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v8i2.9396 DOI: https://doi.org/10.26571/reamec.v8i2.9396

PIAGET, J. Abstração reflexionante: relações lógico-aritméticas e ordem das relações espaciais. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

RODRIGUES, F. C.; GAZIRE, E. S. Laboratório de educação matemática na formação de professores. 1. ed. Curitiba, PR: Appris, 2015.

RÊGO, R.M.; RÊGO, R.G. Desenvolvimento e uso de materiais didáticos no ensino de matemática. In: LORENZATO, Sérgio. Laboratório de ensino de matemática na formação de professores. Campinas: Autores Associados, 2006.

SANTOS FILHO, J. C.; GAMBOA, S. S. Pesquisa educacional: quantidade-qualidade. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 21. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

SILVA, P. J. F. da; COSTA, D. E.; MORAES, M. S. F. de; SABBATINI, M. O papel do WebLEM na promoção do TPACK do professor que ensina matemática. Revista Prática Docente, [S. l.], v. 8, p. e23052, 2023. https://doi.org/10.23926/RPD.2023.v8.e23052.id853 DOI: https://doi.org/10.23926/RPD.2023.v8.e23052.id853

SILVA, P. J. F. da; COSTA, D. E.; MORAES, M. S. F. de; SABBATINI, M. WebLEM como Ambiente de Ensino de Matemática. CoInspiração - Revista dos Professores que Ensinam Matemática, [S. l.], p. e2023009, 2023a. https://doi.org/10.61074/CoInspiracao.2596-0172.e2023009 DOI: https://doi.org/10.61074/CoInspiracao.2596-0172.e2023009

VARIZO, Zaíra da Cunha Melo. Concepção e implementação de um laboratório de educação matemática no ensino superior. In.: VARIZO, Zaíra da Cunha Melo; CIVARDI, Jaqueline Araújo. (Org.). Olhares e reflexões acerca de concepções e práticas no laboratório de educação matemática. Curitiba, PN: CRV, 2011.

VARIZO, Zaira da Cunha Melo; CIVARDI, Jaqueline Araújo. Olhares e reflexões acerca de concepções e práticas no laboratório de educação matemática. Curitiba, PR: Editora CRV, 2011. DOI: https://doi.org/10.24824/978858042251.1

Downloads

Publicado

2024-04-13

Métricas


Visualizações do artigo: 136     PDF downloads: 62

Como Citar

MARQUES, Ediney da Silva; COSTA, Dailson Evangelista; MORAES, Mônica Suelen Ferreira de; LOPES, Thiago Beirigo. LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA E LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES: DOIS AMBIENTES NECESSÁRIOS. ReTEM - Revista Tocantinense de Educação Matemática, [s. l.], v. 2, p. e24003, 2024. DOI: 10.63036/ReTEM.2965-9698.2024.v2.59. Disponível em: https://ojs.sbemto.org/index.php/ReTEM/article/view/59. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos: Formação de Professores que Ensinam Matemáticas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)